Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Secretaria de Saúde realiza Campanha de vacinação contra o HPV e outras doenças na Escola Municipal Santa Terezinha

Secretaria de Saúde realiza Campanha de vacinação contra o HPV e outras doenças na Escola Municipal Santa Terezinha

Com o apoio da Secretaria de Educação, a Secretaria de Saúde intensificou a campanha de vacinação contra o HPV e outras doenças como, meningite, tríplice viral, hepatite B, duplo adulto e febre amarela no município. Esta semana, a equipe de saúde, realizou uma ação na Escola Municipal Santa Terezinha para cerca de 300 alunos. Com a aplicação da vacina e palestras educativas, a proposta foi orientar os educadores e estudantes sobre a importância da proteção. , HPV, meningite, tríplice viral, hepatite B, duplo adulto e febre amarela.

A Secretária de Saúde, Lucíola Vidal explica que toda a rede de ensino do município participou da ação, A meta da SMS era vacinar todo o público alvo de crianças e adolescentes, entre meninos de 11 a 14 anos e meninas de 9 a 14 anos.

“É muito importante esse esclarecimento entre os profissionais de saúde com os professores, pais e alunos para que todos compreendam a finalidade preventiva da vacina. A partir do momento em que envolvemos as escolas nesse processo, estamos ampliando o acesso, de forma que haja conscientização para continuidade do esquema vacinal para as outras doses da vacina de HPV", disse. Ela ainda esclarece que os adolescentes que não estiverem na escola no dia que a ação ocorrer, podem procurar uma Unidade de Saúde mais próxima de sua residência, portando a carteira de vacina, cartão do SUS e documento de identificação, e tomar a dose da vacina.

Prevenção – A vacina contra o HPV contribui para redução da incidência do câncer de colo de útero e vulva nas mulheres. A imunização também previne câncer de pênis, ânus, verrugas genitais, boca e orofaringe. Meninos e meninas devem tomar duas doses da vacina, com intervalo de seis meses entre elas. No caso de pessoas com HIV, a faixa etária é mais ampla, de 9 a 26 anos, e o esquema vacinal é de três doses.
337 cartões de crianças foram avaliados e 14 cartões de professores avaliados, sendo necessários 133 crianças e 5 professores vacinados e um total de 177 doses administradas.

Parceria- Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Educação e Prefeitura.